Provincia San Luca

Revista Rogate do Brasil completa 30 anos

 

No dia 02 de junho, na sede da revista Rogate, em São Paulo (SP), um evento vocacional marca os 30 anos do Centro Rogate do Brasil e da revista Rogate. Ambos começaram a ser pensados em 1981 pela então equipe de religiosos animadores vocacionais, responsáveis pelo setor Rogate no Brasil. A proposta era criar um centro vocacional que se responsabilizasse pela revista e por outras produções vocacionais e atividades formativas. As duas ideias foram aprovadas e começaram a se tornar realidade. O Centro Vocacional Rogate, depois chamado Centro Nacional Rogate e, atualmente, Centro Rogate do Brasil, foi implantado inicialmente em Curitiba (PR), tornando-se responsável pela produção da revista Rogate, versão brasileira da revista Rogate Ergo, italiana. A primeira edição da Rogate foi lançada em maio de 1982, há exatos 30 anos! Em 1987 a sede do Centro Rogate (e da revista) foi transferida para São Paulo (SP), onde se mantém até os dias atuais.

O evento festivo do dia 02 de junho prevê a participação do Superior Provincial, Pe. Juarez Albino Destro, do diretor geral da revista e do Centro Rogate do Brasil, Vigário e Conselheiro Provincial para o setor Rogate, Laicato e Paróquias, Pe. Geraldo Tadeu Furtado, e da equipe de redação e marketing da revista. Dois assessores estarão aprofundando duas temáticas atuais: Pe. Gilson Luiz Maia, religioso Rogacionista, pároco em Bauru (SP), apresentará as novidades trazidas pelo 2º Congresso Vocacional Latino-americano e Caribenho; Ir. Helena Corazza, religiosa Paulina, presidente da Signis Brasil (organismo ligado à Signis Mundial, que tem por missão congregar os diversos meios de comunicação), refletirá sobre a íntima relação entre comunicação e vocação.

 

A serviço da animação vocacional

Inspirado pelo testemunho de Santo Aníbal Maria Di Francia (1851-1927) e por seu empenho na divulgação do carisma do Rogate, o Centro Rogate do Brasil tem investido seriamente na produção de subsídios e periódicos na área vocacional para toda a Igreja do Brasil, bem como em subsídios para a utilização da Família do Rogate. A principal produção do Centro é a revista Rogate, que apresenta artigos, reportagens, notícias e entrevistas que auxiliam o serviço dos animadores e animadoras vocacionais. São elaboradas 10 edições ao ano e, desde os primeiros anos de vida, circula com o encarte Celebração Vocacional, subsídio de quatro páginas, disponibilizado também em separado. Outro subsídio encartado na revista, desde 2005, é o suplemento infantil A Turma do Triguito, destinado ao trabalho dos animadores vocacionais e catequistas que trabalham com crianças e adolescentes.

Além da revista Rogate e dos subsídios Celebração Vocacional e A Turma do Triguito, o Centro Rogate do Brasil tem realizado muitas outras produções editoriais, com ampla distribuição pelo país. Bons exemplos são o Informativo RogZelo, dedicado à Família do Rogate, sob responsabilidade direta da Equipe de Assessoria ao Rogate (EAR); a Agenda Vocacional Caminhos, que nasceu no ano 2000 por iniciativa da EAR e atualmente está sob a responsabilidade da Editora e Livraria do Instituto de Pastoral Vocacional (IPV), entidade fundada em 15 de agosto de 1993, a partir da união de Congregações e Institutos com carisma vocacional, visando servir a Igreja no campo das vocações e ministérios; o Boletim Convocação, editado durante 16 anos em parceria com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), deixando de ser produzido no final de 2006. Muitos materiais são produzidos basicamente para utilização interna do instituto, como a Coleção Escritos Rogacionistas, que em geral destaca documentos da Congregação e da Província São Lucas, e cartas circulares do Superior Geral dos Rogacionistas. O trabalho do Centro Rogate engloba, ainda, produtos direcionados à divulgação de Santo Aníbal Maria Di Francia, como cartazes, postais, cartões, santinhos com orações vocacionais, livretos próprios e livros da Coleção RogZelo, uma iniciativa da EAR, que une os trabalhos dos Rogacionistas e das Filhas do Divino Zelo. O Centro Rogate do Brasil tem investido, além da comunicação impressa, na elaboração de sites para a rede mundial de computadores: Província São Lucas (www.rogacionistas.org.br), revista Rogate (www.rogate.org.br) e A Turma do Triguito (www.triguito.org.br).

Desde os primeiros anos de criação, o Centro Rogate investe na formação de animadores e animadoras vocacionais. Houve, por alguns anos, o Curso Vocacional à distância, mantido em Curitiba. O Encontro Interestadual de Formadores, Promotores e Animadores Vocacionais, agora chamado de Encontro Rogate, já está em sua 29a. edição. Visa aprofundar o estudo de temas específicos na ótica vocacional. O primeiro encontro foi realizado na região sul, no Seminário Rogacionista Pio XII, em Criciúma (SC), de 27 a 30 de outubro de 1983, com o tema, "O animador vocacional: figura e espiritualidade". Participaram deste evento cerca de 200 pessoas, entre religiosas, religiosos, padres diocesanos, cristãos leigos e leigas, formadores e animadores vocacionais, de diferentes congregações e dioceses brasileiras. A partir de 1993 os Encontros Rogate passaram a ser organizados em parceria com o IPV. O Centro Rogate do Brasil tem a missão também de prestar assessorias às comunidades eclesiais Rogacionistas e de outros institutos e dioceses. Em sua sede, disponibiliza de salas específicas para a realização de cursos, retiros, reuniões, entre outras atividades.

 

Nosso carisma e missão

Ao celebrar 30 anos de vida devemos ter presente que os votos de felicidades e parabéns são nossos e não apenas de quem trabalhou ou presta seu serviço atualmente no Centro Rogate do Brasil e suas atividades inerentes. Sim, estamos todos de "parabéns"! Nosso carisma continua sendo transmitido, o Rogate está sendo divulgado, a cultura vocacional na sociedade aumenta a cada dia. Sim, somos todos responsáveis por isso! Na corresponsabilidade avançamos, na mútua colaboração o serviço específico do Centro Rogate do Brasil será incrementado, os desafios serão superados.

E os desafios não são poucos. Podemos citar o ainda reduzido número de pessoas envolvidas diretamente na missão do Centro Rogate e a dificuldade em se conseguir recursos financeiros para manter a qualidade nos serviços. Busca-se superá-los, em primeiro lugar, na conscientização dos religiosos de que TODOS somos responsáveis. O Centro Rogate do Brasil é nosso! Outras iniciativas são fundamentais, como o despertar para a área específica da comunicação. Neste sentido, faz-se urgente a implantação no currículo formativo, desde as etapas iniciais do processo, de uma "educação para a comunicação" ou algo semelhante, com um plano de curso bem estruturado e progressivo. É importante estarmos atentos e estimularmos religiosos que tenham o perfil a fazerem especialização na área.

No âmbito das estruturas o Governo Provincial está ciente de que deve continuar contemplando em seu plano econômico o repasse de recursos financeiros ao Centro Rogate, em vista do serviço de qualidade. Mesmo assim devemos avançar. O investimento no setor de marketing, por exemplo, contratando profissionais qualificados que se preocupem com o incremento econômico e a captação de recursos, é uma urgência. Na medida do possível, tanto para esta, quanto para outras iniciativas, deve-se buscar o trabalho em parcerias, com institutos e organismos afins. O Centro Rogate do Brasil já vem trabalhando desta forma, seja com o IPV, seja com as Filhas do Divino Zelo ou, ainda, com outros organismos da Igreja, especialmente a Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CMOVC-CNBB) e a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB). Essencial também, ao nosso ver, é a criação de uma rede de intercâmbio entre os diversos Centros Rogate existentes, partilhando iniciativas, fazendo planejamento comum e disponibilizando informações e subsídios concretos. Acreditamos que o Governo Geral esteja trabalhando nesta direção.

Concretamente, a curto prazo, nossas Comunidades Religiosas poderiam estar mais em comunhão com o serviço do Centro Rogate do Brasil, formando verdadeiros Centros Rogate locais. Para isso não é necessário sala própria ou maquinários específicos. Basta mudança de atitude e vontade. A utilização e divulgação dos produtos do Centro Rogate do Brasil (especialmente a revista Rogate e seus encartes - Celebração Vocacional e A Turma do Triguito), já seria um primeiro e importante passo. Utilizar as próprias secretarias paroquiais como locais de assinaturas dos periódicos, por exemplo, já seria um grande avanço. Outros projetos poderiam ser pensados com a equipe de assessoria, a EAR.

Após 30 anos de vida e de serviços, juntamente com as celebrações festivas nasce mais uma vez o desejo de se iniciar algo mais concreto na área hispânica - Argentina e Paraguai - de nossa Província São Lucas. A Equipe de Animação ao Rogate na área Hispânica (EARH), formada por religiosos animadores vocacionais - Rogacionistas e Filhas do Divino Zelo -, desde 2004 vem trabalhando nesta intenção. Algumas iniciativas já foram realizadas, mas o sonho de se iniciar um Centro Rogate estruturado continua. Oxalá este aniversário de 30 anos do Centro Rogate do Brasil estimule-nos para dar passos mais concretos na realização deste ideal.

 

Feliz Aniversário a todos! Que Santo Aníbal Maria Di Francia, o iniciador do serviço de animação vocacional na Igreja e no mundo, continue intercedendo por nós e nos estimulando nesta nossa missão!

Pe. Juarez Albino Destro, RCJ

Província Rogacionista São Lucas

Formação em foco

A previsão é que, em 2012, a Província Rogacionista São Lucas tenha, ao menos, 45 formandos. Isso sem contar os aspirantes dos seminários menores de Criciúma (SC) e Passos (MG). O número pode chegar próximo ao 60.

Cinco formandos emitiram os votos perpétuos no dia 18 de dezembro de 2011. Destes, dois estão cursando o último ano de Teologia, em São Paulo (SP). Os outros três estão inseridos em Comunidades Religiosas de Criciúma (SC), Passos (MG) e São Paulo (SP).

Dos oito religiosos que renovaram os votos no dia 31 de janeiro de 2012, um se encontra em Queimadas (PB). Os demais estão cursando Teologia em São Paulo (SP). Neste mesmo dia 31 de janeiro, quatro noviços emitiram por primeira vez os votos, em Curitiba (PR).

Três formandos ingressam na etapa do Noviciado no dia 05 de fevereiro de 2012, em Brasília (DF). E outros três formandos ingressam na etapa do Postulantado (preparação imediata à etapa do Noviciado), no dia 19 de março de 2012, em Curitiba.

Os outros formandos são aspirantes, 22, os quais estão divididos entre as etapas do Propedêutico (Bauru, 06 jovens) e Filosofia (Curitiba, 08 jovens), no Brasil, e Filosofia/Propedêutico em San Lorenzo, Paraguai (04 jovens). Quatro aspirantes estão em situação específica. Serão acompanhados nas Casas de Presidente Jânio Quadros (BA), Centro Rogate do Brasil em São Paulo (SP), San Lorenzo (Paraguai) e Seminário de Campana.

Nossa gratidão a Deus, o Senhor da messe, para o qual sempre pedimos o envio de operários. Nossa gratidão, também, aos diversos animadores vocacionais, formadores, superiores de Comunidades, equipes vocacionais, equipes formativas, profissionais que nos ajudam nos processos, e aos próprios formandos, pela dedicação aos estudos, trabalhos pastorais, espiritualidade, carisma do Rogate.

 

Em resumo:

17 formandos religiosos (05 dos quais com votos perpétuos)

03 formandos na etapa do Noviciado

03 formandos na etapa do Postulantado

22 aspirantes

 

As Profissões Religiosas

No dia do 31 de janeiro de 2012, Festa do Santíssimo Nome de Jesus em nossa Família do Rogate, quatro jovens professaram pela primeira vez. São eles: Cristian Adolfo Samudio, Flávio Francisco da Silva, Merardo Martínez Maidana e Sérgio Gonçalves do Prado. A solenidade aconteceu durante a celebração eucarística presidida pelo Provincial, Pe. Juarez Albino Destro, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Curitiba (PR). Na ocasião houve a despedida do Noviciado daquela cidade, transferido para Brasília (DF), e dos religiosos que ali trabalhavam: Pe. Anderson Adriano Teixeira (mestre de noviços) e Pe. Raulino Coan (vice-mestre).

Neste mesmo dia, em São Paulo (SP), na Comunidade Santo Aníbal Maria Di Francia, em celebração presidida pelo Pe. Antônio Raimundo Pereira de Jesus, Conselheiro para a Formação e formador da etapa da Teologia, sete jovens renovaram seus votos: Ir. Alexsandro Ramos Alexandre, Ir. César Javier Mesa, Ir. José Sival Soares, Ir. Maike Leo Grapiglia, Ir. Nilson Rocha Santos, Ir. Rafael Fantini Ruiz e Ir. Reginaldo Veríssimo Ferreira.

E em Queimadas (PB), Ir. José Rodrigues da Silva renovou os votos em celebração realizada na Paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição, presidida pelo Pe. Luiz Alberto Mendes de Góes.

 

O Noviciado

A abertura da nova sede do Noviciado Rogacionista Santo Estanislau Kostka acontece no dia 05 de fevereiro, com o ingresso de três jovens: Adriano Mateus Mendonça Teodósio, Célio Leite da Silva e Henrique de Lima Mateus. A celebração está marcada na Paróquia Divino Espírito Santo, em Brasília (DF), e deverá contar com a presença do Superior Provincial, Pe. Juarez Albino Destro. A sede do noviciado na Província Rogacionista São Lucas estava em Curitiba (PR).

 

O Propedêutico e a reunião da EPAF

O início da etapa do Propedêutico, em Bauru (SP), acontece no dia 12 de fevereiro, com o ingresso de sete aspirantes: Alex Aparecido Brito dos Reis, Deivid de Freitas Floriano, Geraldo de Jesus Santos, Júlio Sérgio Rodrigues da Silva, Matheus Felipe Stanski e Ricardo Cardoso dos Santos. Nos dias seguintes, 13 e 14 de fevereiro, reúnem-se os quatro formadores que compõem a Equipe Provincial de Assessoria à Formação (EPAF) para o planejamento anual: Pe. Antônio Raimundo Pereira de Jesus (Conselheiro da Formação e formador da etapa da Teologia), Pe. Airton Conceição de Almeida (formador da etapa da Filosofia), Pe. Anderson Adriano Teixeira (mestre de noviços) e Dc. Danilo Silva Bartholo (formador da etapa do Propedêutico). Além destes, participam também os religiosos Pe. João Batista Simon (formador no seminário de Criciúma SC) e Ir. Dárcio Alves da Silva (formador no seminário de Passos MG).

Ordenação Sacerdotal em San Lorenzo, Paraguai

A Paróquia Virgen de Fátima está em festa! Neste dia 10 de dezembro, após uma novena vocacional preparatória, que envolveu todas as comunidades paroquiais, foi ordenado sacerdote Darío Martínez Oviedo. A celebração foi presidida pelo bispo da diocese de São Pedro (Paraguai), D. Adalberto Martínez, e contou com grande participação da Família do Rogate - sacerdotes, religiosos, seminaristas, amigos e colaboradores -, familiares de Darío e paroquianos.
Esta é a primeira ordenação de um padre Rogacionista em terras paraguaias, embora seja o segundo sacerdote Rogacionista do Paraguai. O primeiro foi o Pe. Rufino Giménez Fines, ordenado no dia 22 de outubro de 1994, em Campana, Argentina, onde já estava trabalhando. Na época os Rogacionistas ainda não estavam presentes no Paraguai. O próprio Pe. Rufino, juntamente com o Pe. Mário Pasini (brasileiro), foram os articuladores para que o Rogate chegasse de forma definitiva ao Paraguai. A presença Rogacionista começou a ser permanente a partir de março de 2002, exatamente em San Lorenzo, cidade próxima a Assunção.
Após a ordenação de Darío houve uma bonita recepção aos convidados, primeiramente no salão paroquial e, depois, na sala nobre do Seminário Rogacionista Rogá.
No dia seguinte, Pe. Darío celebrou sua primeira missa no Oratório Sagrada Família, em Caaguazú, sua terra natal.

VII Encontro das Famílias Rog em Criciúma (SC)

altNos dias 12 e 13 de novembro, em Criciúma (SC), acontece o 7º Encontro da Associação das Famílias Rog da Província Rogacionista São Lucas. Participam casais provindos da Argentina, Brasil e Paraguai, assistentes eclesiásticos locais, representantes da Congregação das Filhas do Divino Zelo, da Associação das Missionárias Rogacionistas e convidados. Pe. Matteo Sanavio, Conselheiro Geral da Congregacão, Assistente Eclesiástico Central da Associação, e Pe. Geraldo Tadeu Furtado, Vigário Provincial e Assistente Eclesiástico da Associação na Província, estão presentes. O tema a ser aprofundado é sobre a fidelidade.

Dom Angélico é o assessor desta edição do Encontro Rogate, cujo tema é Vocação e Linguagens

  De 28 a 30 de outubro acontece o 28º Encontro Rogate, no Centro Teresiano de Espiritualidade, em São Roque (SP). Na noite de abertura, sexta-feira (28), houve a acolhida dos participantes (cerca de 75 animadores e animadoras vocacionais). Na ocasião também foram acolhidos o Pe. Francesco Bruno, conselheiro geral do setor Rogate da Congregação dos Rogacionistas do Coração de Jesus, e Pe. Geraldo Tadeu Furtado, Vigário Provincial dos Rogacionistas na Província São Lucas. Nesta edição do Encontro Rogate, Dom Angélico Sândalo Bernardino, bispo emérito de Blumenau (SC), filósofo e jornalista, é o assessor, com o tema: "Vocação e Linguagens".

Já em clima de apresentação temática no sábado (29) Dom Angélico refletiu, de forma interativa e convidando os participantes a construírem o conhecimento, sobre a linguagem na liturgia baseando sua abordagem no Concílio Vaticano II.

Segundo ele, quando se fala de vocações, é urgente pedir a renovação do Espírito. A linguagem suprema de ontem e de hoje é o amor... Isso é fundamental quando nos dispomos a falar de vocação e linguagens.

Dom Angélico apresentou o conceito do termo linguagem e elencou alguns desafios que o Serviço de Animação Vocacional (SAV) ou a Pastoral Vocacional deve encarar em nossos tempos. Enfatizou também a importância de, cada linguagem – particularmente a cristã – estar situada no contexto, na sua época. Isso significa que a linguagem cristã deve superar o estilo judaico e interiorano, típicos de uma sociedade rural. Deve enfrentar esse desafio sem abrir mão da linguagem universal, aquela que todos os homens e mulheres compreendem: a do amor.

Durante a tarde do sábado, os participantes continuam a debater o tema da linguagem, relacionando-a com as vocações. Está previsto, para esta noite, um momento cultural de integração. No domingo (30), último dia do Encontro Rogate, os participantes discutem alguns encaminhamentos práticos para orientar o trabalho de animação e acompanhamento vocacional na perspectiva das novas linguagens.

25 ANOS DA CRIAÇÃO DA PROVÍNCIA LATINO-AMERICANA

alt
No dia 18 de outubro de 2011 os Rogacionistas celebram 61 anos de presença no Brasil e 25 anos de criação da Província Latino-americana, que atualmente compreende as Casas Religiosas da Argentina, do Brasil e do Paraguai. São, ao todo, 70 religiosos, espalhados nas diversas obras e serviços destes três países

Os primeiros missionários Rogacionistas chegaram na América Latina em outubro de 1950, na cidade de Passos (MG). Era a primeira missão Rogacionista fora da Itália. No mesmo ano da chegada a Passos os Rogacionistas já começaram a expansão pelo continente. Bauru (SP), Criciúma (SC) e São Paulo (SP) foram as primeiras cidades a receber os Rogacionistas nos primeiros 20 anos da chegada. Brasília (DF), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS) vieram em seguida, de 1973 a 1978. Em 1988 os Rogacionistas trocam Porto Alegre por Gravataí (RS). Presidente Jânio Quadros (BA), em 1996, e Queimadas (PB), em 2009, completam as Casas Rogacionistas no Brasil.
Na área hispânica os Rogacionistas chegam em 1979, com a abertura em Campana, na Argentina, e em Rivera, no Uruguai. Em 1985 resolveu-se fechar a casa do Uruguai para a abertura de um seminário em Córdoba, Argentina, feito realizado em 1987. Em 1993 os Rogacionistas chegam a Tucumán, norte argentino, e em 2002 a San Lorenzo, no Paraguai.

 

O CAMINHO
A Província Latino-americana foi criada no dia 18 de outubro de 1986 pelo então Superior Geral, Pe. Pietro Cifuni, recém eleito no 7º Capítulo Geral da Congregação. No Jubileu de Ouro da presença Rogacionista no continente, ano 2000, o Governo Geral aprovou o pedido do Governo Provincial em colocar a Província Latino-americana sob a proteção de São Lucas, homenageando a data de 18 de outubro. Agora, neste Jubileu de Prata da criação da Província, atendendo a um novo pedido do Governo Provincial, o Superior Geral, Pe. Ângelo Ademir Mezzari, e seu conselho, aprovaram a mudança de nomenclatura, passando de Província Rogacionista Latino-americana para “Província Rogacionista São Lucas”.
Bom recordar algumas etapas históricas:
a) 1958: é criada a Consulta Brasileira, tendo como primeiro presidente o Pe. Mário Labarbuta;
b) 1968: é criada a Delegação Rogacionista do Brasil (DRB), com sede em Criciúma e, depois, em São Paulo. Houve dois governos nesta fase, com Pe. Domingos Malgieri (1969-1971) e Pe. Antônio Chirulli (1971-1973);
c) 1974: é criada a Quase-província Rogacionista Brasileira. Houve quatro governos neste período: Pe. Antônio Chirulli (1974-1977), Pe. Domingos Malgieri (1977-1981) e dois mandatos de Pe. Guido Vivona (1981-1986).

Nestes 25 anos de Província já tivemos sete governos e cinco provinciais. Vale lembrar que o mandato de governo passou de três para quatro anos a partir de 1998 (5º Capítulo Provincial). Eis os provinciais:
a) Pe. Jacinto Pizzetti (eleito no 1º Capítulo, no dia 12 de janeiro de 1987);
b) Pe. Luiz Paulo Dibitonto (2º Capítulo, 19 de janeiro de 1990);
c) Pe. Jacinto Pizzetti (3º Capítulo, 18 de dezembro de 1992);
d) Pe. Jacinto Pizzetti (4º Capítulo, 24 de outubro de 1995);
e) Pe. Osni Marino Zanatta (5º Capítulo, 23 de outubro de 1998. Afastou-se do cargo no dia 03 de julho de 2001 para tratamento de saúde);
f) Pe. Ademar Tramontin (completou o governo, a partir de 03 de julho de 2001);
g) Pe. Ângelo Ademir Mezzari (6º Capítulo, 23 de outubro de  2002);
h) Pe. Ângelo Ademir Mezzari (7º Capítulo, 23 de outubro de 2006).

A Província São Lucas está em seu oitavo governo e sexto provincial, Pe. Juarez Albino Destro, eleito no dia 25 de outubro de 2010. O mandato vai até setembro de 2014.

 

OBRAS
Os Rogacionistas na América Latina mantém 42 obras nos setores da formação, pastoral, socioeducativo e vocacional:
a) 09 Casas de Formação (um estudantado Teológico em São Paulo; um Noviciado e um estudantado Filosófico em Curitiba; um seminário Propedêutico em Bauru; quatro seminários menores – em Brasília, Criciúma, Passos e Presidente Jânio Quadros; além de um seminário em San Lorenzo);
b) 18 Obras Socioeducativas (13 na área educativo-assistencial: nove no Brasil e quatro na Argentina; e 05 na área da educação/colégios: três no Brasil – Bauru, Brasília e Criciúma – e dois na Argentina – Campana e Tucumán);
c) 13 Paróquias (10 no Brasil, duas na Argentina e uma no Paraguai);
d) 01 santuário (dedicado a Santo Aníbal Maria Di Francia, em Passos, casa mãe);
e) 01 Centro Rogate, em São Paulo.

 

AÇÃO DE GRAÇAS
Dentro das comemorações pelos 25 anos de criação da Província Rogacionista Latino-americana vale destacar o lançamento de seu novo site na Rede Mundial de Computadores (www.rogacionistas.org.br) e a mudança de nomenclatura para Província Rogacionista São Lucas, a partir do dia 18 de outubro. Neste dia, uma missa em ação de graças será realizada no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, com a presença da Família do Rogate.

XXIV Encontro dos Formandos Rogacionistas

Foi concluído nesta segunda-feira, dia 05 de julho, o XXIV Encontro dos Formandos Rogacionistas da Província Latino-americana, que teve seu início na festa de Primeiro de Julho, abertura do Ano Eucarístico da Família do Rogate. O evento foi realizado em Bauru (SP) e contou com a participação dos formandos das diversas etapas: Teologia, Noviciado, Aspirantado Filosófico e Aspirantado Propedêutico. O tema, "Novos Rumos e Desafios na Formação, Animação Vocacional e na Economia a partir das Conclusões Capitulares", foi trabalhado por alguns assessores. Pe. Juarez Albino Destro, Superior Provincial, apresentou o Documento do Capítulo Geral; Pe. Geraldo Tadeu Furtado, Conselheiro para o Rogate, Laicato e Paróquias, apresentou o Documento do Capítulo Provincial. Ao final, os formandos elaboraram algumas indicações para serem enviadas ao Governo Provincial, em vista de uma maior participação no processo, especialmente nas áreas da formação, animação vocacional e gestão. Mais informações e fotos, no blog dos formandos: http://entreformandos.blogspot.com/

Encuentro de los Religiosos Rogacionistas del área hispánica

En Campana se está desarrollando (12-14 de abril) el anual encuentro que realizan todos los Religiosos del área hispánica de la Provincia Latino-americana Rogacionista pertenecientes a las comunidades argentinas de Córdoba, Tucuman, Campana y de San Lorenzo (Paraguay). Para acompañarnos en estos trabajos de evaluación y de programación pastoral, ha llegado desde San Pablo (Brasil) también  nuestro Superior Provincial, el Padre Juarez Albino Destro y 3 sus Consejeros y Colaboradores, los sacerdotes Tadeu, Toninho y Marcos.
Hoy, martes 12 de abril, a conclusión de la jornada de actividades, ha querido visitarnos también nuestro Obispo Diocesano, Mons. Oscar Sarlinga el cual ha presidido a las 18 hs la Santa Misa en la Parroquia Ntra. Sra. del Carmen en la que han participado numerosos feligreses de las distintas pastorales de la misma Parroquia como también representantes de todas las capillas de nuestra jurisdición, inclusive la del Barrio San Cayetano con el P. Bernardo y las Hermanas Pasionistas.
Luego de la Celebración Eucarística, en el salón parroquial, todos hemos seguido festejando compartiendo en alegría un "copetín" y como broche de oro, hemos brindado en honor de nuestro Obispo Mons. Oscar Sarlinga que en el día de hoy recordaba el 8º aniversario de su nombramiento episcopal por parte del Papa Juan Pablo IIº.
 

Superiores Rogacionistas reunidos em São Paulo

Os Superiores das Comunidades Religiosas da Província Latino-americana estiveram reunidos no Centro Rogate do Brasil, em São Paulo (SP), no Brasil, dias 21 e 22 de março de 2011, juntamente com os membros do Governo Provincial. Na pauta, a análise da primeira redação do Plano de Ação do novo Governo Provincial, para o quadriênio 2010-2014. Houve, também, a leitura de uma parte da Regra de Vida (nova) sobre a missão do superior de comunidade. Foram dadas informações gerais dos diversos setores de atividades, com maior ênfase ao setor econômico-administrativo. Na ocasião fez-se a entrega dos documentos dos recentes Capítulos, o Geral e o Provincial. Ambos saíram na Coleção Escritos Rogacionistas (n. 28 e n. 29). Na noite do primeiro dia esteve em visita o bispo auxiliar de São Paulo, D. Milton Kenan Junior, da Região Brasilândia, onde os Rogacionistas assumiram paróquia.

Concluído o 8º Capítulo da Província Rogacionista Latinoamericana

Foram eleitos, em 25 de
outubro de 2010, o Superior Provincial, Pe. Juarez Albino Destro, e os membros do novo governo.


altPe. Juarez Albino Destro, natural de Criciúma/SC
é o novo provincial dos Rogacionistas do Coração de Jesus. Trabalhou como
editor da Revista Rogate, Conselheiro do último Governo na área do Rogate,
Laicato e Paróquias. Atualmente é superior no Centro Rogate do Brasil.


P. Antonio Raimundo Pereira de Jesus - Consigliere -  Vita Religiosa e Formazione
Pe. Antonio Raimundo Pereira de Jesus, baiano, formador da
Teologia, foi eleito Conselheiro Para Vida Religiosa e Formação. Como
missionário, Pe. Antônio trabalhou na Bahia, foi Conselheiro para as Obras
Sociais e Missão entre os anos 2003-2006 e desde o ano passado acompanha os
estudantes de teologia. 


P. Geraldo Tadeu Furtado - Vicario e Consigliere - Rogate, Laicato e Parrocchia
Pe. Geraldo Tadeu Furtado, assesso r da
Congregação, reside na Casa Provincial e foi eleito Conselheiro para a área do
Rogate, Laicato e Paróquias. Mineiro de Alfenas, pe. Tadeu trabalhou na Formação
em Bauru (Propedêutico) e em Curitiba (Filosofia).


P. Valmir de Costa - Consigliere - Carità e Missioni
Pe. Valmir de Costa, atual formador do aspirantado e postulantado
Filosófico, foi eleito Conselheiro Provincial para área do Serviço da Caridade
e Missões. Natural de Maracajá/SC, pe. Valimir é também diretor da Obra Social
Santo Aníbal, em Curitiba.


P. Marcos de Avila Rodrigues - Consigliere e Economo
Pe. Marcos de Ávila Rodrigues, formador do
Propedêutico, foi eleito Conselheiro para Economia. Mineiro de Alterosa, pe.
Marcos trabalhou em Brasília no Seminário Menor e desde 2008 reside em Bauru,
onde também ajuda no Colégio Rogacionista e na Casa do Garoto.