Ecos do Rogate no Quarto Evangelho

12-2-2021 - Este é o título do novo livro do Pe. Gilson Luiz Maia, no qual ele reflete o “Rogate Joanino”. Trata-se de uma passagem do Quarto Evangelho (4,31-38) que na sinopse aparece paralelo àquela de Mt (9,35-38) e Lucas (10,2). O imperativo “Rogate” não se encontra no evangelho de João, mas a realização da obra do Pai pressupõe a oração pelos bons operários para ceifar os campos já maduros. Em Samaria, região de periferia, após encontrar e dialogar com a samaritana à beira do poço de Jacó, Jesus contemplou os campos e inseriu os discípulos na missão. Somos chamados a passar da compaixão diante da multidão “cansada e abatida” à alegria da colheita, cujas primícias são os marginalizados samaritanos que se aproximam de Jesus, o Verbo do Pai que se identifica com o “Rogate”. Nesse estudo o autor analisa em detalhes as semelhanças e diferenças com os sinóticos e oferece pistas que iluminam nossa identidade de discípulos missionários do Senhor da messe, pleno de “graça e verdade” (Jo 1,14).  

Circoscrizione: