Orar pelas vocações, compromisso de todos

União de Oração pelas Vocações

 
No dia 08 de dezembro foi lançada, para a América Latina, a associação
União de Oração pelas Vocações, que visa reunir pessoas dispostas
a viver com intensidade o Rogate, assumindo compromissos pessoais e
em comunidade.  
Celebrando os 107 anos da aprovação da iniciativa de Santo Aníbal,
de reunir os cristãos leigos e leigas na missão de rezar pelas vocações,
as Províncias latino-americanas das Filhas do Divino Zelo e dos Rogacionistas
estarão lançando a União de Oração pelas Vocações. A Equipe de
Assessoria ao Rogate (EAR) vem trabalhando este projeto desde o ano
passado, analisando estatuto, adequando a proposta para o nosso contexto,
organizando as estratégias e elaborando os subsídios de divulgação.  
As primeiras adesões serão realizadas no Dia Mundial de Oração pelas
Vocações de 2008, ou seja, no dia 13 de abril. Nesses quatro meses
entre o lançamento da associação e as primeiras adesões haverá
o trabalho de despertar, acompanhar e cultivar os possíveis primeiros
associados, cristãos leigos e leigas, pessoas de vida consagrada e
ministros ordenados.  
 
Compromissos dos associados
 
 
A União de Oração pelas Vocações é uma associação eclesial inspirada
no mandamento de Jesus: "Rogai ao Senhor da messe que envie operários
à sua messe" (Mt 9,38; Lc 10,2), seguindo a intuição carismática
de Santo Aníbal Maria Di Francia.  
De natureza espiritual e apostólica, tem como objetivo e missão animar
seus membros a rezarem pelas vocações, propagarem esta oração na
Igreja e serem bons operários e operárias. 
 
Compromissos pessoais: 
 
. rezar diariamente pelas vocações;  
. propagar a oração vocacional em toda Igreja para que se torne
universal;  
. ser um bom operário na messe, vivendo com intensidade e amor
a própria vocação; 
. animar as pessoas para que se coloquem a serviço do Reino;  
. incentivar as vocações na comunidade, especialmente para
a vida consagrada e ao ministério ordenado. 
Compromissos comunitários: 
 
. formar e/ou participar de grupos que se reúnem para rezar
comunitariamente; 
. participar dos momentos de formação; 
. comprometer-se em propagar a oração vocacional, numa dimensão
missionária, com o anúncio do Evangelho do Rogate; 
. participar das celebrações e dos eventos próprios da espiritualidade
e missão da Família do Rogate.